Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2012

_Lembranças_

Até então não era nada. E naquele instante, movida por uma força maior e inexplicável, tudo mudou. Não pude acreditar nos atos e consequentemente fatos. Uma nova história começava a ser descrita. Um novo coração parecia pulsar, inocente; incrédulo e envergonhado, mas com uma vontade e alegria que há tempos não desfrutava.

_mais uma vez_

Fiz juras. Criei promessas, sonhos e histórias.
Por todos os dias, de diferentes formas, era por você que mais uma vez eu me apaixonava.