Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2010

_ao mesmo tempo_

Tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo.
Vontade de calar e na mesma hora,
gritar para todo o mundo ouvir.

Aqui, antes de tudo, existe um coração.
Que mais uma vez se depara com o tudo e o nada.
Um abismo entre a sorte e o azar.

Possibilidades incertas de sonhar ou despedaçar.
De outras oportunidades, talvez, as lembranças.
A consciência de que nada foi e será fácil.

E que no fim, a derrota pode ser opção
com maiores chances do que a vitória.
Um sorriso a cada encontro com o teu.

Uma marca a cada puxão de orelha.
Eu sei bem aonde quero ir.
Mesmo sabendo que o caminho pode levar a
o marco zero caso não esteja atenta.

- Mas ai, já são outros dias nos quais agora, não quero pensar.

_meu mundo é você_

Agora vejo os sonhos bem à frente dos meus olhos.
São momentos que não pretendo acordar.

- Agora, meu mundo é você.

_tudo outra vez_

Eu tentei. E tentaria quantas vezes fosse preciso.
Nada foi em vão. Nenhum segundo foi perdido.
E por mais que as marcas fiquem por um tempo
Eu faria tudo outra vez.


- Eu não vejo a hora de te ver sorrir.

_ viver cada minuto_

Por hora as lágrimas rolam
com a incerteza de um final.
Logo em outras, os sorrisos brotam
assim como a vontade de viver cada minuto,
sem pensar em fim.

_duas saidas_

Desta vida, só tenho duas saídas:
me conformar e viver de maneira monótona;
ou me render, e acabar morrendo de amor.

_sem hora pra acabar_

A felicidade esta nos pequenos gestos,
nos contidos sorrisos
e em poucas palavras.

A felicidade esta no encontrar dos olhos
nos calados suspiros,
nos sinceros abraços.

A felicidade é correr na chuva
é sair sem rumo
é não ter hora pra chegar.

A felicidade é estar com você
o tempo todo
sem hora pra acabar.