_perder-te em meus braços

Desde aquele dia, vira e mexe eu sinto medo.
Um medo bobo talvez de perder-te.

Perder-te pelo meu egoísmo, birras e ciúmes.
Perder-te pra eu mesma, que muito erro procurando acertar.
Ou então, perder-te para o mundo e as consequências de nossas escolhas.

E te perder, é palavra extinta em meu vocabulário.
É hipótese riscada, onde a única opção é perder-te em meus braços, pra lhe dar ainda mais amor.

(♥)


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

_quando menos imaginamos_

_Somente cinco, para trinta.

_amor.