_nós mesmos moldar_

As lágrimas são inevitáveis. Embora, conforme o ditado: a esperança é a última que morre.
Pode parecer clichê, mas talvez esta é a única companhia solitária que me resta.
Existem tantas coisas a falar, que prefiro cegar os olhos para não criar intrigas.
Há tanto que não suporto mais, mas que a empatia não permite dar um basta.
Por que eu sempre penso mais nos outros?

Desabafo talvez. De coisas tantas que estão a me perseguir ultimamente.
Confusão e ambição.

- O futuro, cabe somente a nós mesmos moldar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

_quando menos imaginamos_

_amor.

_Somente cinco, para trinta.