_mais valor_

Um colo pra deitar, um pescoço para abraçar e um ombro para chorar.

As vezes uma casa vazia não é tão bacana. E a companhia da tv não é suficiente para te fazer esquecer o que pensas. Os barulhos são silêncio junto ao vazio, que consomem o tempo que voa, mas demora a passar.

As vezes a falta de alguém é tão grande que parece ser egoísmo não querer por aqui ficar. E talvez ninguém possa compreender a falta que sinto. O aperto por nao poder ter perto. A angústia por estar longe e não ser capaz de mudar.

As vezes sou obrigada a crescer, mesmo não querendo. E então, perceber que o que passou não volta mais. E quem sabe, em outras oportunidades, aprender dar mais valor.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

_Somente cinco, para trinta.

_quando menos imaginamos_

_amor.