_por que parar_

Saber, pensar, sentir. Tentar mudar.

No passado, paciência. Hoje, ausência.
E amanhã, talvez nem persistência.

Enquanto acredito em mudanças à alguns,
a outros, apenas o tempo pode dizer.

Não me conformo.
Por que parar, se existe muito aprender?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

_Somente cinco, para trinta.

_quando menos imaginamos_