_e nunca saberei aonde ir_

Desta vez, fica quase impossível decifrar teus pensamentos
São horas alegres e de repente, o abismo.
Palavras jogadas a dilacerar-me como outrora,
Desfazendo e embrulhando meus pensamentos.

- Eu nunca soube, e nunca saberei aonde ir.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

_Somente cinco, para trinta.

_quando menos imaginamos_

_amor.