_dilacerado orgulho_

Hoje eu poderia escrever mil linhas, ou o quanto fosse. São dias como esse que me prendo frente a uma mísera tela e então meus dedos se agitam ao digitar.

Tantas palavras. Tantas coisas desejadas a escrever. E ao mesmo tempo, todo o medo e a insegurança se faz. Vozes presas na garganta que arranha por não segurá-las. Náuseas.

E sem pensar, sem mensurar consequencias, lanço as palavras, poucas e sinceras que meu dilacerado orgulho permite.

- É. Podes entender que é real.

Comentários

  1. Depois eu q escrevo mto neh !
    "Siga sempre o seu coração, mas jamais machuque o seu próprio orgulho e sempre, sempre lembre que é preciso amar a sí próprio em primeiro lugar" EU TE AMO MAS TBM TE AMO ;] fica a dica

    Beijo sissssss amo vc (L)"

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

_Somente cinco, para trinta.

_quando menos imaginamos_