_aquele perfume_

Mesmo atarefada e sem muito tempo para se concentrar, por instantes, pareço sentir teu cheiro. É como se qualquer brisa que passasse por mim, trouxesse consigo aquele perfume.

Um cheiro sem igual, ou comum a muitos por ai. Mas sem dúvidas, especial.

Paro, respiro, me limito em pensar sobre. Na verdade, até penso ser ilusão os sentidos. Ou então, que fora a única forma de visitar-me, se não em pensamentos. Como os meus, perdidos pelos teus.

Volto a colocar os pés sobre o chão... E sem mesmo entender, sigo. Pois já não sei ao certo o que se passa por aqui.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

_quando menos imaginamos_

_amor.

_Somente cinco, para trinta.