_tentando aprender o que é sentir_

É como estar numa praça pensando sobre a vida. Então, observa a quantidade de pessoas que ali passam. Todos os modos. Solitárias, acompanhadas, felizes ou entristecidas.

E nesse vai e vem, o que me vem a cabeça são as estórias mal-criadas e suspirantes.

Eu não sei onde esse jogo vai acabar, mas que esta fase, não seja apenas mais uma passageira, onde o jogador acaba dilacerado por seus próprios sentimentos; tentando aprender o que é sentir.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

_Somente cinco, para trinta.

_quando menos imaginamos_

_amor.