_fujindo do marasmo_

Sabe aquela antiga bicicleta? De tombos e capotes quando aprendia a dar as primeiras pedaladas?

Recordo-me que com o tempo passei a alcançar tal velocidade que meus braços se desprendiam do guidão, e permitiam me voar.

Preciso novamente de sensações como esta. Fujindo do marasmo e de tudo que é comum.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

_quando menos imaginamos_

_Somente cinco, para trinta.