_não mais alongar_

Uma quinta-feira sonâmbula. E como não havia nada a se fazer, meus pensamentos burbulhavam. Vagavam ao longe. Inconstantes. E em instantes mais coerentes, me alertavam.

Existem coisas que não me fazem bem. Não da maneira que deveriam ser. E por isso sobram marcas.

Vou apagar os vestígios incoerentes, as meras coincidências que me levaram e levam a acreditar. Preciso de novos passatempos e pensamentos. Não, não mais alongar o que já existe premissa do fim.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

_quando menos imaginamos_

_amor.

_Somente cinco, para trinta.