_novos rumos para se traçar_

Destino. O que é o destino se não peças pregadas diariamente? Uns gorós, uma turma, você perdida. E alguém que parece estar ali para animar-te.

- Encantei-me. E confesso, fazia tempo que não me acontecia algo assim.

Nada aconteceu. Mas animou minha noite, e meus futuros roles. Amanhã talvez já não sinta nada como agora, mas que algo parece começar a mudar, parece.

- Já que não viestes a mim, buscarei novos rumos para se traçar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

_Somente cinco, para trinta.

_quando menos imaginamos_