_pepperoni e mussarela_

Só para variar, um pouco antes de dormir nesta madrugada, estive pensando.

Acabei ficando magoada com algumas situações, e o aperto foi inevitável. Viajei por dias passados, naqueles em que alguém por mais ogro que fosse, me trazia um conforto inexplicável.

Uma brincadeira, umas birras, mas tudo literalmente acabava em pizza. - Pepperoni e Mussarela. - Me recordo até hoje, das discussões sobre quem iria buscar, onde pedir, ou se íamos tirar o carro da garagem apenas para não tomar chuva e molhar o "rango".

Os mesmos filmes eram vistos inúmeras vezes. As noites em claro assistindo desenho. Um leite quente preparado com carinho. Eu esparramada no sofá tentando entender porque estava ficando cada vez mais boba. Tudo valeria a pena? E então, seria isso o que chamam de amor?

Foram meses de indas e vindas. Naquele bairro, prédio ou loja.. E por mais estranho que fosse, sempre acabavamos nos entendendo. E ele sempre me convencia que na hora certa voltaria.

Numa última visita, um ar de despedida. E palavras que me faziam melhor. Inexplicável.

Contudo, jamais voltou. Encontra-se longe, em todos os sentidos.

- Não sei se é porque eu me apego tão facilmente as pessoas. Mas no fim das contas, sempre recordo-me das histórias passadas. E continuo a lapidar armaduras, tornando tudo um tanto mais complicado.

Comentários

  1. não se remoí por histórias passadas, o destino as quis desta maneira, O destino te dará algo bem melhor no futuro.
    você vai ver =D

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

_quando menos imaginamos_

_amor.

_Somente cinco, para trinta.