_sem mais querer acordar_

Se as vezes me faltam palavras, outras tantas elas parecem explodir ao querer falar.

O incerto, o incrédulo, é o sentido sem sentido. A cada momento em que o pensar se torna sonhar, vivo então, sem mais querer acordar.


(Relendo os escritos no caderno... E sem inspiração pra postar... O jeito é copiar.)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

_Somente cinco, para trinta.

_quando menos imaginamos_

_amor.