_poupar-me de olhar para dentro_

Dia pacato. Improdutivo. Cabeça pulsante desde o acordar. Entediada, mal olhei para fora. E tentei também poupar-me de olhar para dentro.

Talvez esteja mal acostumada de ficar uns dias em casa. Ou talvez tenha acordado mal mesmo. E nas mínimas coisas, eu permaneço a perguntar-me: mas para que tantas dúvidas?

Se já existem certezas a altura?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

_quando menos imaginamos_

_amor.

_Somente cinco, para trinta.